Mães bilíngues incentivam as crianças a falarem inglês desde cedo

Mães bilíngues incentivam as crianças a falarem inglês desde cedo

São inúmeros os benefícios de uma educação em duas línguas, veja 4 dicas de como incentivar os pequenos!

Photo by Sai De Silva on Unsplash

As mães são nossas primeiras professoras, são elas que no início da vida vão nos ensinar as cores, as formas, e a pedir coisas. Mas, e quando uma mãe fala inglês? Ela pode desde o ventre ir estimulando a educação bilíngue. Novas pesquisas sugerem que falar duas línguas pode ter efeito profundo no modo como pensamos. O aprimoramento cognitivo é apenas o primeiro passo. Memórias, valores, até a personalidade podem mudar, dependendo da língua que estou falando. É quase como se o cérebro bilíngue abrigasse duas mentes independentes.

Um estudo da década de 1960 feito no Canadá revelou que a habilidade de falar dois idiomas não prejudica o desenvolvimento em geral, pelo contrário. Os psicólogos Elizabeth Peal e Wallace Lambert, da Universidade McGill, descobriram que os indivíduos bilíngues, na verdade, superam os monoglotas em 15 testes verbais e não-verbais.Já em 2003, um outro estudo desenvolvido por Ellen Bialystok, psicóloga da Universidade York de Toronto, defende que os cérebros de bilíngues passam por melhorias no chamado “sistema executivo” do cérebro, um conjunto de habilidades mentais que dá capacidade de bloquear informações irrelevantes. Essa vantagem seria a responsável por eles conseguirem se concentrar na gramática e ignorar o sentido das palavras. A característica também os ajuda a passar de uma tarefa para outra sem ficar confuso.

E este efeito de ginástica do cérebro, ajuda em toda a vida: conseguir um emprego, ter melhores relações sociais, viajar e em 2010 foi comprovado que indivíduos bilíngues desenvolvem Alzheimer cinco anos depois do que uma pessoa monoglota. “Falar duas línguas hoje é fundamental e estimular isso desde a infância faz muito bem ao sistema cognitivo e o desenvolvimento da criança”, explica Augusto Jimenez que é psicólogo educacional e Diretor Nacional do Centro de Formação Minds Idiomas. 

Além do fator do bom desenvolvimento dos filhos, mães bilíngues são geralmente mais empoderadas e criam seus filhos mais suscetíveis a se conectarem a todos os lugares. “Meus filhos sempre conviveram com o Inglês, então tornou-se natural o sonho de querer viajar muito cedo. Desde a infância, por eu ter a Minds, meus filhos me ouvem falando em inglês, assistem e praticam a língua. Meu mais velho, que hoje tem 16 anos, se destacou na turma e busca auxiliar os demais colegas no aprendizado”, explica Leiza Oliveira, CEO do Centro de Formação Minds Idiomas. 

Pensando nisso, Leiza Oliveira, CEO do Centro de Formação Minds Idiomas, listou 4 maneiras de como as mães podem incentivar os pequenos a aprenderem uma nova língua.

  1. Fale o nome de objetos em inglês e em português
  2. Coloque músicas e desenhos infantis em inglês
  3. Conte histórias em inglês
  4. Faça um curso de inglês com seu filho!
Related Posts
Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *