A importância do inglês para a carreira de economia

A importância do inglês para a carreira de economia

Assim como várias outras profissões, o economista tem contato com várias pessoas do mundo, por isso o inglês é tão importante

O economista possui um importante papel no funcionamento da sociedade atual, visto que a economia é um dos principais pilares do bom funcionamento social desde o início dos tempos. A profissão, inclusive, possui o dia 13 de junho como data reservada para homenageá-la. 

Com o desenvolvimento da humanidade, as relações ficaram mais complexas e, atualmente, o profissional da economia é responsável por analisar e estudar as relações dos fenômenos econômicos que, inevitavelmente, acabam abrangendo pessoas e moedas de todos os lugares do mundo. 

Para que haja uma boa comunicação entre os economistas de diversos lugares e a padronização de teorias e regras, a língua inglesa foi instituída como oficial no mundo da economia. Por isso, para um profissional excelente e completo, é importante que haja um conhecimento na língua estrangeira.

O inglês é importante para negociações, escrita de documentos e, claro, comunicação (Foto: Pixabay)

Leiza Oliveira, CEO da Minds, escola de idiomas, comenta que “o inglês atualmente abre portas e caminhos, principalmente no mercado de trabalho, por isso, além do contato que o profissional tem com todas as partes do mundo, é importante para a própria carreira do economista que ele tenha pelo menos um pouco de conhecimento para se comunicar.” A diretora ainda adiciona que o nível de inglês é relativo ao cargo e vaga que a pessoa ocupa.

Com isso, a Leiza trouxe três dicas práticas e úteis para quem busca aumentar o nível do idioma.

#Acompanhe profissionais da área

É possível que você já acompanhe alguns economistas nas redes sociais ou pela internet, mas é preciso que esse leque se expanda e abranja pessoas de fora do Brasil, nativos ou fluentes em inglês. Alguns influenciadores que podem te ajudar no vocabulário e nas tendências econômicas são: Paul Krugman, economista norte-americano e colunista do “The New York Times” e Nate Silver, também dos Estados Unidos e autor do livro “The Signal and the Noise”.

#Tente ler as notícias e teorias em inglês

Todos os dias, várias tendências e mudanças na economia são noticiadas pelos jornais. Por isso é sempre importante para o economista estar atento às novas mudanças e continuar estudando, mesmo após sua formação. Para essa atualização constante, é interessante que o profissional busque fontes internacionais, além de desenvolver o inglês, aprenderá mais sobre os acontecimentos externos ao Brasil.

Lendo é possível desenvolver o “reading” e ainda aprender novos vocábulos (Foto: Pixabay)

#Se matricule em um curso de idiomas

Além do treinamento individual, é interessante ter um professor para sanar dúvidas e uma turma para treinar a conversação. No mercado atual, existem vários cursos para todos os perfis, níveis e disponibilidade. A Minds Idiomas Cursos Flash, In company e em 18 meses para aqueles que desejam melhorar o idioma de uma forma rápida ou focar no vocabulário de negócios. 

Não deixe as oportunidades passarem, aprenda inglês e se torne um profissional mais completo no mercado. Para mais informações sobre os cursos, entre em contato com a Minds.

Related Posts
Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *