Notícias

21/11/2017

5 motivos para ouvir música no trabalho



Todos os dias nós seres humanos temos ciclos de atividades: acordamos, tomamos café, alguns se exercitam, vão ao trabalho que geralmente exige ações semelhantes, retornamos para casa, alguns fazem outra atividade à noite, dormimos e acordamos no dia seguinte. Nessa rotina, com o advento dos smartphones e a melhora nos serviços de streaming musical, incluímos nossos gostos musicais nessas atividades do dia a dia.

Outrora, empresas não permitiam que os colaboradores ouvissem música enquanto trabalhavam. Os sons eram considerados como distrações e sinônimo da não execução de tarefas. Entretanto, esse cenário vem mudando de 2012 para cá. Diversos estudos foram feitos e comprovaram que ouvir estilos musicais variados no ambiente profissional pode acarretar benefícios emocionais para o ouvinte e produtividade elevada para o negócio. Ou seja, todo mundo sai ganhando.

Pesquisei sobre isso e aderi na minha comunicação interna da Minds Idiomas, que tem mais de 1000 funcionários, o uso liberado dos fones de ouvido durante o expediente. Uma das fontes de estudo que me levou tomar essa decisão foi da Universidade de Miami (EUA). Comprovou que as pessoas que escutam canções terminam as suas funções mais rápidas, melhora o humor, e a entrega é criativa.

Como a minha rede de idiomas tem mais de 70 unidades e 10 anos de existência manter uma mesma linguagem com todos os colaboradores é algo difícil, porém ao colocar a música e a leveza nas suas atividades, a produtividade e qualidade de vida deles aumentaram e a satisfação dos alunos também!

É fato que não existe uma fórmula ideal, cada um tem um repertório musical e a sua forma de se sentir melhor no trabalho, porém abri a possibilidade para eles ouvirem as suas músicas sem sofrer represálias ou que seja considerado algo errado. Há funcionários que funcionam melhor no silêncio e o silêncio também é uma forma de música não é mesmo?

Com base em alguns dados coletados de universidades de renomes, neurologistas e musico terapeutas, seguem alguns motivos para você, gestor, incluir música na sua empresa:

1) Altera a fisiologia do cérebro

As ondas cerebrais sincronizam a frequência com o tempo de andamento das músicas que ouvimos. Ou seja, quando o som tem frequências de batidas mais rápidas, nosso cérebro produz ondas em frequências mais elevadas, nos deixando mais agitados. Quando o som tem frequências de batidas mais leves tranquilas, tendemos ao estado relaxado. E tudo isso acontece no nosso cérebro devido à música. Então se o funcionário está estressado pode colocar um som mais tranquilo ou se está com sono um estilo mais elétrico.

      2)Traz as pessoas para o momento presente

Quando estamos na inércia tendemos a pensar no que não está dando certo nas nossas vidas. A música interfere em algumas áreas cerebrais que nos retornam para o aqui e agora.

      3)Aumenta a concentração

As canções ativam regiões emocionais da mente responsáveis pela área de concentração e foco. Os sons influenciam no direcionamento dos nossos 5 sentidos na atividade que estamos realizando.

      4)Melhora a solução de problemas

A música desencadeia um estado de espírito mais positivo. Isso eleva a capacidade do indivíduo de pensar em mais opções para a resolução de conflitos. Já quando estamos nervosos eou ansiosos, o foco diminui, e tendemos a encontrar no máximo uma solução reduzida para resolver questões importantes.

      5)Libera dopamina

Os sonos ajudam a liberar dopamina na área de recompensa do cérebro. Ou seja, ouvir música aumenta a sensação de satisfação do ser humano. Algo equivalente a comer uma coxinha, brigadeiro ou sentir um cheiro agradável, por exemplo.

 Por Leiza Oliveira, CEO e diretora educacional da rede Minds Idiomas